Impacto ambiental da Pintura Líquida

Setembro 16, 2019

Novo consumidor e as suas preocupações

Um dos temas de relevância deste século prende-se com o impacto ambiental, cada vez mais os consumidores estão preocupados com os processos envolvidos no fabrico dos materiais.

Como tal é de extrema importância para a indústria otimizarem os seus processos para refletir este novo paradigma. O tratamento eficaz de resíduos, o uso de componentes de baixo impacto ambiental e o investimento em equipamentos de longa duração são algumas ações relevantes para nos adaptarmos às novas exigências do consumidor.

Problemas inerentes à pintura líquida

A pintura líquida emite Compostos Orgânicos Voláteis (COVs) que são substâncias químicas à base de carbono. Estes compostos originam partículas voláteis prejudiciais não só para a saúde humana/animal (sendo absorvidos por via respiratória e dérmica) mas também para o meio ambiente.

Os COVs são considerados gases com efeito de estufa visto que participam de reações químicas resultando no aumento da concentração de ozona na atmosfera, que contribui para o aumento da temperatura média do planeta, para a poluição da água e subsequentemente afeta a vida animal e humana.

A solução mais eficaz

A pintura eletrostática é uma tecnologia essencial para a supressão quase total destes agentes poluentes, assegurando um standard de impacto ambiental mais reduzido e minimizando os efeitos negativos para saúde dos operários.

Fale conosco para conhecer as nossas soluções de pintura.